quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Sonho realizado

Mais uma vitória, realizei o sonho de viajar com meu amado. Deu tudo como sonhei e planejei. Melhor foi perfeito. E agora? Continuar viajando com meu amor! Alguém tem alguma sugestão de um lugar com all inclusive?

domingo, 10 de novembro de 2013

Efeitos da viagem

Achei que só depois de voltar que eu veria os efeitos da viagem, mas não, nem fui e já estou feliz, estou muito feliz, meu amado está feliz e ansioso como eu para esta viagem, graças a Deus vou poder contar com uma pessoa que vai ficar na minha casa para cuidar das minhas filhas peludas, ai meu coração doerá menos. Mas voltando a Costa do Sauípe Fun, falta um mês!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Lua de mel

Finalmente, eu vou ter um, falta pouco, dois meses e um pouquinho...não vejo a hora, me segurando para não arrumar malas.
só eu e ele...
viva o amor!!!

terça-feira, 28 de maio de 2013

alguém me segue

e é uma sereia...ameiiii

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

E ai?

O protetores, assim se intitulam as pessoas que defendem os animais, todos os animais, de tortura, sofrimento, abandono, lutam para acabar com o comercio de golfinhos para parques aquáticos, espalhados pelo mundo, eles são capturados e dizem que sempre morrem mais da metade até chegar no parque.
Quando realizei meu sonho sofria muito com isso, por não saber qual a condição de vida destes animais aonde eu ia, iria estar contribuindo para esse tipo de comercio? Mas como realizaria meu sonho? Muito mais que nadar com golfinhos como a Xuxa, Eliane, Ana Maria Braga. Eu queria uma experiência de outro mundo. Tinha que resolver problemas pessoais, frustrações, fracassos, depressão, sou uma sereia, fui golfinho, sou de Atlântica?
Tudo bem sou louca mesmo, bizarra, e como fui chamada ontem, sem noção...
Curaçao, lugar onde realizei meu sonho, o Sea Aquarium, um paraíso na terra, as pessoas de lá me acolheram como se eu tivesse nascido lá, e os golfinho são cachorros do mar, queridos, carinhosos, nos querem como cachorro de rua nos quer, não é só pela comida não, eles amam os seres humanos, vinham perto de mim se esfregavam como cachorrinho faz.
Obvio que eles me garantiram que os golfinhos como Flipper no filme, podiam ir para alto mar e voltar a hora que eles queriam, a altura das rochas ao redor dos recintos  não aquário, era baixa suficiente para eles pularem, mas te pergunto: Por que sair de um lugar onde ganham carinho, comida, e não tem tubarão para ataca-los? Mesmo assim tinha um golfinho que saiu e voltou tinha uns 3 dias. Voltou todo lenhado, mas feliz pela farra fora, ficou com alguns curativos mas já recebia os visitantes do parque.
Segundo ponto a favor do Seaaquarium, eles desenvolvem um trabalho com os mesmos golfinhos com crianças autistas,e com deficientes mentais, te pergunto: Não é a mesma coisa que com trabalho com cavalos, e outros bichos? Os mesmos golfinhos de apresentações e que recebem carinhos e que também cuidam das crianças.Mesmo assim assinei todas as petições sobre proibirem golfinhos em cativeiros, sabem por que? Eu já fui mesmo...hehehehehehe.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

o tempo passa

Sim, só entrei para dizer que estou morrendo de saudade de lá.